Visualização dos posts

4 de junho de 2015

Batata frita estilo fast food em casa!

fries Batata frita estilo fast food em casa!

Quem aí não treme nas bases da dieta quando sente aquele cheirinho incomparável de batata-frita quentinha saindo do preparo? Se for das redes de fast food então… Aí não dá pra resistir mesmo! O problema é que essas batatinhas normalmente levam muitos ingredientes artificiais e que podem fazer mal para a saúde.

Pensando nisso, a vlogger americana Brandi Milloy inventou uma receita cujo sabor e textura são bem próximos ao do Mc Donalds. E usando apenas 5 ingredientes! Ficou curiosa também? Então vamos a receita:

Ingredientes

  • Batata-inglesa
  • Óleo de amendoim
  • Xarope de milho
  • Banha de carne bovina
  • Sal


Modo de preparo

  1. Com a ajuda de uma faca, corte as batatas em fatias finas, no formato típico da batata-frita.
  2. Coloque o xarope de milho em uma vasilha média, preenchendo o 2/3 do espaço.
  3. Insira as batatas (ainda cruas) na vasilha com o xarope de milho e deixe descansar por 30 minutos na geladeira.
  4. Retire as batatas da vasilha e remova o excesso de líquido com a ajuda de papel-toalha.
  5. Aqueça o óleo de amendoim e frite as batatas até que elas estejam levemente douradas.
  6. Posicione as batatas em uma forma para pizza e deixe na geladeira por 15 minutos.
  7. Acrescente a banha de carne bovina – que pode ser retirada de alimentos preparados em casa, como bifes e hambúrgueres – na panela com óleo de amendoim.
  8.  Frite novamente as batatas até que elas estejam no ponto desejado.
  9. Retire da panela e acrescente sal a gosto imediatamente.

 

Prontas? Mãos na massa!

Ver mais >

26 de maio de 2015

Receita do dia: Bolo de banana caramelada

bolo de banana Receita do dia: Bolo de banana caramelada

Nada melhor pra dar aquela escapadinha da dieta do que um docinho simples e com cara de casa de vó: bolo de banana caramelada. Docinho, prático e super fácil de fazer! Assistindo TV esses dias, anotei essa receita pra compartilhar com vocês porque achei bem prática pra quem não domina as técnicas culinárias.

O passo a passo aqui ensina todos os detalhes. Vamos lá:

Começando com os ingredientes:

Para a calda e a cobertura

  • 1 xícara (chá) de açúcar
  • 1/2 xícara (chá) de água
  • 6 a 7 unidades de bananas-nanicas maduras

Para a massa

  • 200g de manteiga sem sal em temperatura ambiente
  • 1 xícara (chá) de açúcar refinado
  • 4 ovos
  • 1 1/4 xícara (chá) de farinha de trigo
  • 1/2 xícara (chá) de farinha de nozes
  • 2 colheres (chá) de fermento em pó

Depois de anotar tudo, vamos ao modo de preparo. Antes de começar a massa do bolo é preciso preparar a calda caramelizada. O Passo número 3 é fundamental para manter o caramelo perfeito.

  1. Descasque e divida cada banana em 3 fatias, no sentido do comprimento.
  2. Em uma panela, junte o açúcar e a água e misture até o açúcar dissolver, mexendo o mínimo possível.
  3. Leve ao fogo médio, até caramelizar, por cerca de 15 a 20 minutos. Com a presença de líquido, o açúcar pode cristalizar – isso é uma mudança física normal causada pela agitação. Se acontecer, não se desespere: basta continuar com o fogo baixo, até que o açúcar derreta novamente e caramelize. Se ainda assim o açúcar nas bordas continuar queimando ou cristalizando, passe um pincel de cerdas macias com um pouco de água na parte de dentro da panela, evitando o contato do pincel com a calda. Isso impede que o açúcar queime e atrapalhe todo o processo.
  4. Transfira imediatamente para uma forma redonda, sem fundo removível e com cerca de 30 cm de diâmetro, e gire até cobrir o fundo.
  5. Com cuidado para não se queimar, disponha as fatias de bananas, com o lado plano para baixo, preenchendo o fundo da forma.

Para fazer a massa:

  1. Preaqueça o forno a 180ºC (temperatura média), 10 minutos antes de começar a receita.
  2. Leve uma chaleira com água ao fogo baixo (essa água será usada para fazer um banho-maria). Em uma tigela, misture a farinha de trigo, a de nozes e o fermento.
  3. Na batedeira, junte a manteiga e o açúcar e bata até formar um creme fofo e esbranquiçado.
  4. Junte os ovos, um a um, e bata bem entre cada adição. Em seguida, adicione os ingredientes secos e bata apenas para misturar.
  5. Transfira a massa para a forma preparada. Coloque a forma dentro de uma assadeira e leve ao forno pré-aquecido.
  6. Regue a assadeira com a água fervente para assar o bolo em banho-maria. Feche o forno e deixe assar por 45 minutos.
  7. Retire o bolo do forno e deixe esfriar por 5 minutos. Para desenformar, coloque um prato sobre a forma e vire de uma vez. Caso o bolo esfrie completamente na forma, antes de desenformar, coloque em banho-maria para que o caramelo derreta.

Humm, já estou com água na boca! E vocês?!

Ver mais >
25 de maio de 2015

Unhas coloridas para o Verão 2015

unha 1 Unhas coloridas para o Verão 2015

Estamos entrando no clima do inverno por aqui, e com isso as botas e sobreposições começam a sair do guarda roupa novamente. Enquanto isso, do outro lado do mundo as pessoas se preparam para receber um super verão, e com isso, os lançamentos da estação começam a acontecer lá fora.

Que tal começar com os lançamentos de esmaltes para o Verão 2015?  Já estou pirando nas cores!! Selecionei meus favoritos para compartilhar com vocês:

A Givenchy investiu em cores bem intensas para a temporada: verde, amarelo, rosa e um super pink. Vai agradar muito as amantes das cores neon!

unha 2 Unhas coloridas para o Verão 2015

A Dior seguiu com sua linha em tons pastel. Entre as cores, estão um amarelo clarinho e um nude. Ah, e o Top Coat é para fazer aquele efeito ombré nas unhas! Quem já está ansiosa pra experimentar?

Por último, mas não menos importante, as novidades de duas marcas que eu a-mo! Comecçando com a O.P.I, que é tradicionalmente colorida durante as estações mais quentes. Esse ano, entre os oito frascos estão dois esmaltes com efeito metalizado e um top coat de maxiglitter rosa. 

unha 4 Unhas coloridas para o Verão 2015

Essie se inspirou no Coachella para sua coleção de verão, incluindo cores marcantes sem puxar para o fluo. Estou amando os roxos e azuis, já são meus favoritos para colorir minhas unhas no próximo Verão!

E vocês, já estão de olho nas novidades de beleza da próxima estação?

Ver mais >

8 de maio de 2015

Dia das mães – Onde comemorar

Hoje é sexta-feira, dia de começar a curtir o final de semana e também é hora de pensar como comemorar o dia das mães no próximo domingo. Muitas famílias gostam de passar o dia em casa, mas também existem aquelas que buscam fugir um pouco da rotina e acabam procurando um lugar especial pra passar esse dia tão importante.

E quando pensamos em algum lugar pra levar nossas mães, tem que ser especial, concordam? Pensando nisso, separei três dicas de lugares que eu amo e super indico para quem quiser curtir um momento family no próximo domingo:

mom Dia das mães   Onde comemorar

Confeitaria Colombo do Forte de Copacabana

A vista já fala tudo, não acham? Nada melhor que iniciar o dia nesse lugar lindo, com a vista da orla de Copacabana e as delicinhas mais tradicionais da cidade que só a Confeitaria colombo sabe fazer.

Endereço: Praça Coronel Eugênio Franco, 1 – Copacabana, Rio de Janeiro

mom2 Dia das mães   Onde comemorar

Antiquarius

Pra curtir o almoço com a família, nada melhor que um dos restaurantes mais clássicos do Rio, com uma equipe que mudou quase nada desde 1977. Como o próprio nome diz, o local tem decoração com peças de antiquário. É lindo, e oferecer um pedacinho da culinária Portugesa em terras cariocas.

Endereço: R. Aristídes Espínola, 19 – Leblon, Rio de Janeiro
MOM3 Dia das mães   Onde comemorar

Satyricon:

Restaurante super incrível, e já na entrada um viveiro cheio de lagostas, lagostins e ostras chama a atenção. Ou seja, frutos do mar super frescos e preparados em pratos maravilhosos.

Endereço: Rua Barão da Torre, 192 – Ipanema/RJ
Telefone:(21)2521-0627

 Gostaram das dicas?

Um feliz dia das mães para todas as leitoras que, assim como eu, também são mães <3 Que o dia de vocês seja repleto de amor e bençãos.

Ver mais >

24 de abril de 2015

Receita do dia: Frango empanado especial

frangp empanado Receita do dia: Frango empanado especial

A receita de hoje vem de um episódio que assisti no programa Receitas da Carolina, da atriz Carolina Ferraz. Um prato super simples e que vai fazer o maior sucesso entre a família, com toda certeza! Se antes era difícil sair da zona de conforto, agora ficou fácil transformar esse ingrediente tão comum em preparações mais criativas e elaboradas.

E o legal desse prato, é que a gente pode trocar alguns ingredientes de acordo com nossas preferências. Vamos lá:

Ingredientes:

Para fazer o frango:

  • 4 peitos de frango cortados ao meio
  • Queijo gorgonzola (a gosto)
  • Tomate seco
  • Presunto cozido cortado em tiras
  • Alecrim

Para empanar:

  • Leite
  • Farinha de rosca
  • Sal
  • Pimenta
  • Queijo parmesão ralado
  • Óleo de canola

Modo de preparo

  1. Pegue o frango aberto e coloque dentro o gorgonzola e o presunto, temperando com um pouco de alecrim.
  2. Feche o frango e passe no leite e na farinha de rosca temperada com sal, pimenta e um pouco de parmesão ralado.
  3. Repita duas vezes o processo e frite em imersão com óleo bem quente. Vai ficar crocante e macio por dentro. Uma delicia e fácil de fazer.

Gostaram? Quem ficar com dúvidas pode assistir ao vídeo completo da receita clicando aqui.

Ver mais >
31 de março de 2015

Receitas para o domingo de Páscoa

O ano está passando muito rápido, não acham, meninas? Mal passou o reveillon, a chegada do carnaval e agora já estamos contando os dias para comer os chocolates irresistíveis de páscoa. Pra celebrar essa data que a gente ama, separei três receitinhas super especiais pra fazer pra família. E o ingrediente é o clássico bacalhau. Vamos ver algumas formas super práticas de preparo?

 gomes de sa Receitas para o domingo de Páscoa

A primeira receita é a do Bacalhau à Gomes de Sá:

Ingredientes:

  • 600 g de bacalhau
  • 1 xícara de azeite de oliva
  • 4 cebolas médias cartadas em rodelas
  • 1 colher (chá) de salsinha picada
  • 3 dentes de alho picados
  • 400 g de batatas cozidas e cortadas em rodelas
  • Sal a gosto
  • 3 ovos cozidos e cortados em rodelas
  • 12 azeitonas verdes cortadas em lascas

Modo de preparo:

  1. Na véspera, coloque o bacalhau de molho. Troque a água umas 4 vezes. No dia do preparo, escorra e cozinhe o bacalhau em água por 5 minutos. Retire, separe as espinhas e reduza o bacalhau a lascas. Reserve.
  2. Esquente o azeite em uma panela grande e refogue a cebola, a salsinha e o alho. Refogue até a cebola mudar de cor.
  3. Junte as lascas de bacalhau e as batatas. Deixe no fogo por mais 10 minutos, até que as fatias de batata comecem a fritar. Teste o sal.
  4. Passe para um refratário largo, para não ficar uma camada espessa demais. Leve ao forno bem quente por 10 a 15 minutos.
  5. Retire e decore com rodelas de ovo e lascas de azeitonas.

plancha Receitas para o domingo de Páscoa

Bacalhau à La Plancha

Ingredientes:

  • 3 postas de bacalhau
  • 1 cebola
  • 1 vidro de azeitona preta
  • 300 g de batatas assadas
  • 1 dente de alho picado
  • 100 ml. De azeite
  • Pimenta do reino preta a gosto

Modo de preparo

  1. Numa caçarola buffet da Ceraflame, com azeite de oliva, frite o alho picado e reserve.
  2. Frite o bacalhau no azeite, deixando-o bem corado e em seguida acrescente a cebola, azeitonas pretas, batatas assadas.
  3. Tempere com pimenta do reino moída e acerte sal caso necessário.
  4. Sirva com arroz branco e brócolis.

acomodado Receitas para o domingo de Páscoa

Bacalhau Acomodado:

  •  800g de bacalhau seco
  •  2 cebolas
  •  3 dentes de alho
  •  1 ramo de salsinha
  •  20 tomates tipo italiano
  •  30 ml de molho de tomate
  •  4 batatas
  •  50 g de pinoli
  •  100g de azeitona
  •  azeite

Modo de preparo:

  1. Cortar o bacalhau em postas e deixar em água abundante que deve ser trocada por 4 vezes.
  2. Depois ferver durante alguns minutos para remover a pele e espinhas e o excesso de sal;
  3. Descascas e cortar em cubos grandes e reservar;
  4. Em uma caçarola fitar a cebola, o alho e a salsa em azeite;
  5. Acrescentar o bacalhau cortado em pedaços, o tomate cortado ao meio, o molho de tomate, as azeitonas e no final o pinoli;
  6. Cozinhar em fogo médio durante 20 minutos, acrescentando se necessário, uma concha de água onde foi cozido o peixe;
  7. Nesse ponto, verificar o sal e adicionar as batatas para cozinhar mais 15 minutos. Servir com salsinha picada.

Hummm, já estou na dúvida de qual experimentar! E vocês, vão preparar qual opção para o almoço de domingo?

 

Ver mais >
26 de março de 2015

Dicas para organizar o Home Office

home office 1 Dicas para organizar o Home Office

Quem trabalha no esquema de home office sabe o quanto isso ajuda a melhorar o desempenho das tarefas. Não ter que enfrentar o trânsito, poder trabalhar num ambiente confortável e programar melhor os horários são algumas das vantagens.

Por outro lado, o escritório em casa exige muita dedicação para que não haja perda da produtividade. Essa semana, Linda Varone – autora do livro “The Smarter Home Office” – deu algumas dicas muito úteis pra quem quer organizar melhor o ambiente de trabalho em casa. Vamos dar uma olhada:

 Use o pinterest com responsabilidade

É ok buscar inspiração no pinterest, mas lembre que nem sempre o escritório de capa de revista é o ideal para te acomodar durante cinquenta longas horas de trabalho. Aquelas cadeiras de sala de jantar são lindas, mas nada confortáveis pra sua coluna. Além disso, algumas pessoas gostam de cores, mas talvez você enjoe de trabalhar numa mesa vermelho-sangue todos os dias, mesmo que fique lindo nas fotos.

Siga regras básicas de ergonomia

O topo da tela do seu monitor deve estar na altura dos seus olhos (ou até um pouco abaixo). Conforme você desce o olhar pela tela, suas pálpebras vão fechar um pouco e lubrificar os olhos, o que evita a fadiga. Outra dica da escritora é ajustar a cadeira de forma que seus pés fiquem firmes sob alguma coisa – ou o chão ou algum apoio, se você for baixa. Parece óbvio dizer, mas escolha uma cadeira confortável… Ou você vai arrumar um motivo para fugir da mesa.

home office 2 Dicas para organizar o Home Office

Aproveite a luz natural

Quando for escolher sua mesa, vá para perto das janelas. “Várias pessoas acabam buscando uma parede no canto mais escuro da sala”, comenta Varone. “O que elas estão fazendo sem nem perceber é recriar o cubículo corporativo”. E qual que é a vantagem, né? Procure não colocar sua mesa de frente para a janela, assim você tem uma desculpa para virar e apreciar a vista por alguns minutos.

home office 3 Dicas para organizar o Home Office

Acrescente verde

Plantas deixam as pessoas mais felizes, dão a impressão de trazer um pouco do ar livre para dentro do seu espaço de trabalho. Além disso, as plantas aguentam um ou dois dias sem água e você nem precisa passar no escritório durante os fins de semana (diferente de peixes ou hamsters).

Se inspire!

Separe um pôster ou alguma arte para seu novo escritório, vale até uma foto – algo que vá te motivar a criar e/ou terminar seu trabalho para sair logo dali.

Esconda as coisas que você não quer ver

Todo escritório tem vários cabos, então tente encontrar uma régua para deixá-los todos ligados num mesmo lugar e esconda atrás da mesa. E o equipamento? Dá pra esconder a impressora também, colocar dentro de um armário e só abrir quando precisar usar. Viva o WiFi!

Então meninas, mãos à obra?!

Ver mais >
18 de março de 2015

Dicas para o hamburguer perfeito

hamburguer Dicas para o hamburguer perfeito

Hamburguers são uma excelente fonte de energia e praticamente o fim das nossas dietas! Mas vamos confessar que, de vez em quando, não dá pra resistir. Nessa última ida para Miami aproveitei pra matar as saudades dessa delícia e achei interessante buscar algumas receitas de hamburguers que fugissem do comum.

Acabei descobrindo as principais dicas que a gente precisa saber para montar o sanduíche perfeito – desde os ingredientes da carne até o tipo de pão e os temperos. Hummmm, deu até fome!

Então chega de papo e vamos matar a curiosidade com as dicas dos chefs Benny Novak e Bruno Fischetti, para fazer em casa um dos mais populares sanduíches do mundo: o hamburguer artesanal.

1.Ingredientes
O hambúrguer suculento e macio não incorpora ovo, farinha ou outro produto. Só carne. “O segredo é usar uma peça fresca e de boa procedência. Seja picanha ou acém, o importante é confiar no fornecedor”, indica Benny Novak. É preciso certificar-se que a carne seja moída na hora, que a máquina de moer esteja limpa e sem sobras de outras peças.

2.Como dar liga à carne picadinha

A gordura ajuda para modelar e dar firmeza ao hambúrguer, além de irrigar e dar sabor à carne durante o cozimento. A proporção varia de acordo com o gosto do freguês, mas não deve ser superior a 20% ou inferior a 15% ou 10% do peso da carne, para os mais moderados. “Se a gordura não estiver presente no corte nesta proporção deve ser acrescentada durante a moagem da carne”, anota o chef Bruno Fischetti.

3.Tipo de carne
Fischetti indica a fraldinha, uma carne muito vermelha com bastante sangue e quantidade de gordura razoável para equilibrar o sabor no cozimento. Benny prefere outros tipos de cortes como a maminha, a alcatra, a picanha ou até mesmo o acém. Mais uma vez: o que vale é a qualidade da carne, o frescor e a procedência.

4.Temperos
Cebola, salsinha, alho e pimentas variadas são ingredientes que muitas pessoas gostam de somar à carne moída. Os chefs consultados nesta reportagem, no entanto, acreditam que é suficiente usar apenas sal e, se for do gosto, uma pitada de pimenta-do-reino. A orientação geral é colocar o tempero sobre o hambúrguer só na hora de chapear, grelhar ou fritar. Temperar antes pode desidratar a carne.

 5.Tamanho
O tamanho do hambúrguer depende da preferência, mas ele interfere na textura, na suculência e, óbvio, na aparência do lanche. Um disco muito fino pode ficar duro e cozido além da conta. Os especialistas indicam algo em torno de 160 gramas e 250 gramas, com altura de altura de 1,5 centímetro e diâmetro de 10 centímetros. Numa frigideira caseira o ideal é apostar em uma porção de 160 gramas, já que o fogo não é tão potente quanto o das casas especializadas.

 6.Chapa, frigideira ou grelha
O tipo de cozimento é um dos principais pontos que diferenciam os hambúrgueres. A chapa, por exemplo, tem o mesmo processo de cozimento que a frigideira, mas com uma pequena diferença: a temperatura. A chapa retém mais calor e chega a graus bem mais altos que a panela caseira, o que permite selar (tostar as superfícies, sem cozinhar internamente) com mais facilidade. Já a grelha tem como diferencial o sabor característico defumado que a brasa empresta à carne. De modo geral, discos mais altos ficam melhores na grelha e os mais finos na chapa ou frigideira, já que a água da carne se solta na superfície e pode cozinhar a em vez de tostar. A dica aqui é usar em casa aquelas grelhas ou chapas para fogão.

 7.O ponto do hambúrguer
Quando a carne passa do ponto, ela perde em sabor e textura. A sugestão para que o produto não mantenha a umidade é chapear, grelhar ou fritar em no máximo 10 minutos, cinco para cada lado do disco. “É o suficiente para selar dos dois lados e ir controlando o ponto”, anota Benny, defensor do hambúrguer vermelho, mais para o mal passado. Mas isso não é uma regra. “O importante é garantir a temperatura mais alta possível”. Vale o bom senso: quanto mais tempo no fogo, mais passado ficará o hambúrguer e, quanto mais fino, menos tempo ele precisa ficar na panela. Um dos piores resultados ao “esquecer” a peça no fogo é deixá-la com gosto de carne cozida.

 8.Pão
Ciabata ou pão italiano combinados a uma boa mussarela de búfala, um suculento tomate e algumas folhas de rúcula formam uma saborosa combinação. Mas se a idéia é apostar no tradicional, o pão estilo americano, redondo e fofo, e que tem mais milho na receita, oferece um sabor mais adocicado que casa direitinho com a carne e o queijo. Também é importante que o pão esteja fresco e quente. A dica é passá-lo na chapa para tostar a superfície que ficará em contato com a carne. Como o centro da carne (principalmente as mal passadas) solta umidade depois do preparo, é indicado deixar que ela descanse antes de colocar no pão. Isso evita que ele fique molhado e desmanche na mão na hora de comer.

9.Acompanhamentos
Vai do gosto do freguês, mas fazem bom papel os legumes grelhados ou em conserva, como pepino ou chucrute e batatas em todas as suas variações (fritas, salteadas ou assadas). Eles podem vir dentro ou fora do lanche. Além é claro, do queijo. Vale qual tipo, só que o excesso pode mascarar o sabor da carne. Moderação.

10.Sugestões de combinações de Bruno Fischetti:

Americano
200 gramas de faldinha moída, 2 fatias de queijo cheddar, 2 fatias de bacon bem crocante, alface crespas, tomate caqui e pão tradicional de hambúrguer.

Brasileiro
200 gramas de fraldinha moída, 2 fatias de queijo coalho, 1 ovo frito, folhas e alface e tomate, acompanhado maionese caseira e pão tradicional de hambúrguer.

Francês
200 gramas de fraldinha moída, 2 fatias de queijo brie, folhas de agrião, molho bernaise, e pão francês.

Mexicano
200 gramas de fraldinha moída, 2 colheres de chá de creme de queijo, chilli beans, creme azedo, alface americana, e pão de milho.

Vamos tentar? Não deixem de compartilhar suas experiências aqui nos comentários icon wink Dicas para o hamburguer perfeito

Ver mais >
5 de fevereiro de 2015

Receita do dia: Focaccia natural

bela 1 Receita do dia: Focaccia natural

Quem gosta de assistir programas de culinária na TV certamente já ouviu falar da cozinha natural de Bela Gil.

Apesar da veia artística da família, bela passou oito anos em Nova York ampliando seu  conhecimento de culinária no Natural Gourmet Institute na Hunter College.

O mais novo passo de Bela agora é com a padaria artesanal Lilóri Paes e doces, localizada no bairro dos Jardins (SP). A chef assina um menu onde todos os pratos são vegetarianos, incluindo uma focaccia de cogumelos e homus rosa que Bela ensinou a fazer. Vamos conferir a receita e tentar em casa?

bela 2 Receita do dia: Focaccia natural

Receita de focaccia com cogumelos e homus rosa (tempo de preparo: 1h30)

Ingredientes do pão (focaccia):
2 ovos
1 xícara de biomassa de banana verde
2 colheres de azeite
1 pitada de sal marinho
1 colher chá de açúcar mascavo
1 xícara de água morna
1 colher de chá de fermento biológico
1 1/3 xícara de farinha de arroz integral
1 colher de psyllium husk
2 colheres sopa de semente de abóbora
2 colheres sopa de alecrim fresco picado
1/3 xícara de azeitona roxa picada

Modo de preparo:
1. No liquidificador, bata os ovos, a biomassa, o azeite e o sal.
2. Passe para uma batedeira e adicione à mistura água morna, fermento e açúcar mascavo.
3. Acrescente a farinha de arroz aos poucos e bata por 5 minutos.
4. Acrescente o psyllium, sementes de abóbora, alecrim e azeitona.
5. Misture bem e despeje a massa para uma assadeira untada com óleo ou azeite.
6. Deixe descansar por 30 min.
7. Leve ao forno pré-aquecido a 200ºC por 30 minutos.
8. Quando esfriar, corte em pedaços quadrados.

Ingredientes dos cogumelos com casca de banana verde

200g Cogumelos Paris frescos cortados em quartos
1⁄2 xícara de salsinha picada
½ unidade alho-poró
3 dentes de alho picado
1⁄4 de cebola picada
1 colher (sopa) de gengibre picado
3 colheres (sopa) de óleo de girassol
1 colher (sopa) de óleo gergelim tostado
Sal marinho a gosto

Modo de Preparo:
1. Corte a banana verde do cacho com a ajuda de uma faca ou tesoura, lave as bananas e leve para a panela de pressão com água suficiente para cobri-las.
2. Tampe a panela, leve à pressão e quando atingir a pressão, abaixe o fogo e deixe ferver por 8 minutos.
3. Desligue o fogo e espere a pressão sair naturalmente. Enquanto a banana estiver cozinhando, coloque água para ferver numa panela grande. Quando a água estiver fervendo, acrescente sal e o macarrão de pupunha (coloque sal suficiente para que a água fique salgada como a água do mar) e deixe cozinhar por 20-25 minutos.
4. Escorra o macarrão de pupunha e reserve.
5. Abra a panela de pressão com cuidado, retire as bananas e abra a banana com a ajuda de uma faca.
6. Retire a polpa e a aproveite para fazer a biomassa (é só levar a polpa ainda bem quente no liquidificador e bater com o mínimo de água até virar uma pasta bem cremosa. Guarde na geladeira para fazer, pães, bolos, mousse etc.).
7. Raspe a parte interna da casca com uma faca e corte em tiras fininhas. Reserve.
8. Numa panela, coloque o óleo, alho, cebola, e gengibre e deixe refogar por 2 min em fogo médio. Adicione a casca de banana, os cogumelos e o shoyu.
9. Misture bem e refogue por 1 minuto. Tampe a panela e deixe cozinhar por 3- 5 minutos. Deixe esfriar e leve a geladeira. Sirva frio.

Ingredientes do homus rosa:
2 beterrabas cozidas
1 xícara de grão de bico deixado de molho por 8 horas
1/3 xícara de tahine
1 dente de alho
Suco de 1 limão
Sal marinho
Azeite extravirgem a gosto

Modo de preparo
1. Corte a beterraba em pedaços médios e cozinhe por 10 minutos na água.
2. Coloque o grão de bico para cozinhar na panela de pressão por 40 minutos.
3. Cozinhe a quinoa por 10 minutos.
4. Coloque todos os ingredientes no processador ou liquidificador e bata até obter uma pasta grossa e homogênea (adicionando o quanto de azeite achar necessário).
5. Corte a focaccia ao meio e recheie com um pouco do homus, cogumelos, 2 folhas de azedinha, broto de alfafa ou brócolis. Tempere com azeite e sal marinho.

Final de semana tá quase aí, meninas! Não deixem de tentar e mostrar o resultado aqui nos comentários! icon wink Receita do dia: Focaccia natural

Ver mais >
6 de janeiro de 2015

Por um 2015 mais radical!

mais asas Por um 2015 mais radical!

Com a chegada de 2015, é hora de colocar em prática as resoluções que fizemos no ano anterior. Que tal começar cuidando mais da mente e o corpo, praticando atividades ao ar livre? Essa hipótese tornou-se muito mais viável depois que conheci o site +Asas.

Criado por um grupo de cariocas apaixonados por sua cidade, eles decidiram abrir um lugar onde pudessem preparar roteiros especiais pra quem quer explorar aspectos únicos da nossa cidade. Já imaginou fazer uma aula de Stand Up Paddle com o visual da praia da Urca? Ou sair numa lanchinha em direção as ilhas que costeiam o Rio? E que tal um vôo de acroyoga?

mais asas2 Por um 2015 mais radical!

Além das atividades outdoor, eles também oferecem passeios por todo o Rio, pra conhecer nossas  diferentes culturas e hábitos. Por exemplo, uma roda de samba na Pedra do Sal, os segredos da Urca, um passeio pelos melhores ateliês de moda… E não pára por aí! A lista de atividades é grande e dá vontade de praticar to-das!

Que tal começarmos agora? Ficou com vontade também? É só entrar no site  (http://www.maisasas.com.br/) e escolher a programação que mais combina com você icon wink Por um 2015 mais radical!

Ver mais >

« Posts Antigos