No ultimo final de semana, a dupla de estilistas suíços Serge Ruffieux, 41, e Lucie Meier, 33, estrearam seu primeiro desfile na Dior após a saída de Raf Simons. O desfile, que aconteceu nos jardins do Museu Rodin, em Paris, e apresentou a coleção de Alta Costura Primavera-Verão 2016 da marca, rendeu opiniões polemicas. O intuito era mostrar a mulher parisiense de hoje, espontânea e descontraída. Rica em tailleurs – fechados ou soltos – com ombros muitas das vezes desnudos, a coleção também investiu em símbolos e berloques, dando alusão à sorte e superstição, uma vez que o próprio Dior era um homem bastante supersticioso.

 

Ruffieux e Méier conseguiram balancear o estilo mais clássico da Dior com uma pitada de modernidade que Simons deixou na marca. Portanto, cinturas bem marcadas e looks de renda transparentes e decotados foram as apostas dos estilistas para esta coleção.

 

dior 31 Dior apresenta sua primeira coleção após saída de Raf Simons

dior 3 Dior apresenta sua primeira coleção após saída de Raf Simons O preto e o branco também foram destaques do desfile

dior 5 682x1024 Dior apresenta sua primeira coleção após saída de Raf Simons

Ombros desnudos foram apostas da dupla de estilistas

dior 61 682x1024 Dior apresenta sua primeira coleção após saída de Raf Simons

Cinturas bem marcadas com saias assimétricas também foram vistas

dior 7 682x1024 Dior apresenta sua primeira coleção após saída de Raf Simons